Cade o bebê que tava aqui?!

Sabe aqueles posts que você começa e nunca termina?! Pois é tô cheio deles por aqui....
Mas querendo mudar essa situação e compartilhar aquilo que ainda vejo que vale a pena e tirar do rascunho o que já passou!

Este texto é mais um desses, mas hoje pensei - poxa vale o registro - bora publicar nesse diário virtual de experiências e vivências maternas!!!

E o tema tem a ver com o que anda sempre surgindo por aqui (nos últimos tempos) "Cade o bebê que tava aqui?!" Alguém me belisca porque tá difícil de acreditar...mas ao mesmo tempo tem sido uma fase tão gostosa e de tantas alegrias e companheirismo que a vontade é de congelar e só curtir!!!

Cadê o bebê que tava aqui?

Esse é um registro sobre como minha pequena tem me surpreendido diariamente e no dia que a vi pedalando sozinha pela primeira vez, levei um baita susto e me perguntei: cadê meu bebê?!

Gente passa mais rápido do que possamos imaginar e do que gostaríamos de aceitar....
Parece mentira quando todos falam isso e se você ainda não é Mãe ou é Mãe recente tá pensando a mesma coisa...como eu também pensava..... mas a verdade é essa...quando você menos esperar aquele bebê que dependia de você para tudo - absolutamente tudo já se vira sozinho...

Já tira e põe roupa e sapato sozinho (e ai de você se tentar ajudar ou querer induzir qual peça colocar)..já come sozinho, já quer tomar banho sozinho, já sabe brincar de faz de conta  e cria lindas histórias e se transporta para universos da imaginação que lhe enchem de orgulho...conta caso..ri se diverte e ainda anda de bicicleta, patinete e anda sonhando com um skate!!!

Então o resumo da ópera?! Bora curtir!!!!